Brasil-Português BR-PT Configurações

{{group.Text}}

{{"ifind_go-back" | translate}}

{{group.Text}}

Desafio do Grafeno

Conheça o vencedor da competição global Desafio do Grafeno

Visão geral do Desafio do Grafeno

O Desafio do Grafeno foi uma competição global que convidou pessoas de todo o mundo a apresentar ideias de inovações sustentáveis feitas com grafeno e que pudessem revolucionar as casas modernas.


A vencedora

Nadia Ayad

Nadia é estudante de engenharia de materiais no Instituto Militar de Engenharia (IME) no Rio de Janeiro, Brasil.

A ideia vencedora

Nadia Ayad teve a ideia de usar o grafeno em um dispositivo de filtragem e sistema de dessalinização para fornecer água potável para residências. Sua ideia reduziria significativamente os custos de energia e a pressão sobre os atuais fornecedores com a "reciclagem de água".


Entrevista com a vencedora

O que você sentiu quando recebeu a notícia de que havia vencido o Desafio do Grafeno?

Fiquei muito animada e surpresa por ser a vencedora. Foi totalmente inesperado e, por isso, fiquei mais feliz ainda.

Como você soube do Desafio do Grafeno?

Primeiro, eu fiquei sabendo on-line pela universidade em que estudo.

Por que você resolveu participar da competição Desafio do Grafeno?

O grafeno é um dos materiais mais interessantes atualmente, então, aproveitei essa oportunidade para aprender mais sobre ele e me desafiei a ver quão longe eu poderia levar minha ideia.

Como surgiu a ideia do dispositivo de filtragem e do sistema de dessalinização?

Com o aumento da urbanização, globalização e a ameaça das mudanças climáticas, há a previsão de que quase metade do mundo viverá em áreas onde a água será escassa. Por isso, existe uma real necessidade de métodos eficientes para o tratamento e dessalinização de água. Pensei que a natureza exclusiva do grafeno e suas propriedades, incluindo seu potencial como membrana de dessalinização e suas propriedades superiores de peneiração, poderia ser parte da solução.

Por que você escolheu uma carreira em engenharia?

Sempre fui fascinada por medicina regenerativa e pela forma como podemos usar materiais avançados para reparar e melhorar o corpo humano. Essa curiosidade me levou a escolher a carreira em engenheira de materiais com ênfase em trabalhos de pesquisa em engenharia de biomateriais e tecidos.

O que você está mais ansiosa para ver durante sua visita à sede da Sandvik Coromant na Suécia?

Espero conhecer pesquisadores importantes na área e ver de perto como pesquisas inovadoras são conduzidas em uma organização líder de mercado. Acho que será uma excelente oportunidade e estou ansiosa para ver quais métodos e materiais avançados estão sendo usados na Sandvik Coromant.


Quem foram os jurados?

 
David Goulbourne

Gerente da Unidade de produtos,
Sandvik Coromant

 
Marco Zwinkels

Diretor de P&D,
Sandvik Coromant

 
Patrik Carlsson

Diretor do Centro de Grafeno,
Chalmers University

 
Usamos cookies para melhor a experiência de navegação em nosso website. Mais sobre cookies.