Please select your country! -Português -PT Configurações

Configurações

Please select your country!

{{group.Text}}

{{"ifind_go-back" | translate}}

{{group.Text}}

Fresamento

Geração de superfície em fresamento

Geração de superfície em fresamento
 

A geração de superfícieem fresamento pode ser axial, radial ou esculpida que depende do tipo de ferramenta que você está usando e o processo que estamos seguindo.

 

Superfície axialmente gerada

O acabamento superficial gerado replicará o formato do fundo da pastilha. Uma pastilha com raio de canto (RE) irá gerar cristas. O tamanho das cristas depende do raio e do avanço.

Pastilhas com uma fase paralela (BS) são capazes de produzir uma superfície plana. Dependendo da tolerância axial e do batimento radial da fresa, a pastilha com a posição mais baixa será responsável pelo acabamento superficial.

Raio de canto (RE)
Fase paralela (BS)
 

Para gerar o melhor acabamento superficial em fresamento, é importante assegurar que o avanço por rotação (fn = fz x zn) seja menor que 80% de BS.

Conforme o diâmetro da fresa aumenta (e para fresas de passo extrafino), o número de dentes e o avanço por rotação aumenta, necessitando um BS maior. Assim que o avanço por rotação exceder a largura desta fase, o batimento axial da fresa afetará o acabamento superficial.

Para melhor acabamento superficial, use:

  • Pastilhas Wiper ou de fresamento com BS pelo menos 25% maior que fn
  • Pastilhas de Cermet para um acabamento espelhado
  • Fluido de corte para evitar a abrasão

Pastilhas Wiper

Wiper ou fase paralela longa permitem o acabamento em diâmetros maiores. A Wiper é colocada abaixo das pastilhas standard, garantindo que seja ela a pastilha que gera a superfície. fn máx. não deve exceder 80% de BS.

Pastilhas redondas

As pastilhas redondas ou as pastilhas com um raio de canto maior são extremamente produtivas, mas não irão gerar uma superfície de alta qualidade. Quanto maior o diâmetro da fresa, pior o acabamento superficial.​

 

Superfície gerada radialmente

Quando usar uma fresa de topo, uma fresa de canto a 90 graus ou uma fresa de facear e de disco, uma superfície radial é gerada. Para uma superfície radialmente gerada, é a lateral da ferramenta que gera o perfil.

Cada dente produz uma cúspide (h) em que a largura da crista é igual ao avanço por dente, fz, e a profundidade da crista é determinada pela relação entre o diâmetro da fresa e fz. O tamanho teórico da crista gerada é mínimo.

 

Geração de superfície esculpida

Quando usar uma fresa Ball Nose, uma superfície esculpida é gerada.​

 
 
Usamos cookies para melhor a experiência de navegação em nosso website. Mais sobre cookies.