-Português -PT Configurações

Configurações

Please select your country!

{{group.Text}}

{{"ifind_go-back" | translate}}

{{group.Text}}

Perguntando porque Y

Por dentro da manufatura 2018-11-29 Kip Hanson Kathryn Gamble

Às vezes, as propagandas são boas demais para ser verdade. Mas o anúncio do CoroCut QD para a ferramenta de corte no eixo Y cumpriu o prometido e deu à American Valley Machining ganhos de 500 a 600 % em algumas operações.

Brent Schelske reconhece algo bom quando bate o olho. Engenheiro de melhoria de processos da Valley Machining Company, ele estava navegando no site da Sandvik Coromant recentemente para obter informações técnicas quando se deparou com um anúncio de um novo tipo de ferramenta de corte, um que aparentemente quebrava as regras das operações tradicionais de torneamento. Chamado CoroCut QD para corte no eixo Y e, seja você um operador de usinagem ou não, apreciará a empolgação de Schelske em relação ao potencial da nova ferramenta.


A empresa tem uma longa história de inovação. Fundada em 1980 pelos fundadores Len Van Otterloo e Chuck Ver Steeg, a Valley Machining se especializou em torneamento multifusos. No entanto, a fábrica de Rock Valley, Iowa tem crescido aos trancos e barrancos desde então, e hoje tem 85 funcionários, 9300 metros quadrados de espaço de fábrica, e fornece peças usinadas com precisão para clientes em toda a América do Norte e países ao redor do mundo.

Embora muitos de seus tornos multifusos originais operados por came ainda estejam em uso, a Valley Machining acompanhou a inovação das máquinas-ferramenta, investindo ao longo dos anos em dezenas de centros de usinagem CNC e em tornos multitarefas avançados. Schelske estava desenvolvendo um plano de processo para uma dessas ferramentas—uma máquina de torneamento de fuso duplo com ferramenta rotativa de acionamento direto no eixo Y—quando ligou para seu representante local de ferramentas, Dick Kersten da Cline Tool, para perguntar sobre a mais nova ferramenta de corte da Sandvik Coromant. 

“Com um torno de fuso duplo, geralmente é possível trabalhar em ambos os lados da peça simultaneamente, exceto durante a operação de corte”, diz ele. “Como cada fuso está em uso, qualquer ganho de melhoria significa uma oportunidade significativa de melhoria—o vídeo no site da Sandvik Coromant sugeriu taxas de avanço até três vezes mais rápidas usando sua tecnologia de corte no eixo Y. Para ser honesto, fiquei um pouco cético, mas decidi ver com meus próprios olhos.”

Como funciona? Com as operações de corte convencionais, a ferramenta de corte avança para a peça de trabalho usando o cursor transversal do torno ou o eixo X. Funciona, mas como qualquer operador de tornos pode lhe dizer, as operações de corte estão entre as mais desafiadoras em termos de vida útil e previsibilidade, especialmente em peças maiores, onde é difícil obter bom fluxo de refrigeração e escoamento de cavacos.  

Mas muitos tornos mais novos, como os da fábrica da Valley Machining, são capazes de mover ferramentas para cima e para baixo no eixo Y, semelhante a uma fresadora. Isso é ótimo para usinar bolsões na face de uma peça, por exemplo, ou fresar um canal ao longo de seu comprimento.

A Sandvik Coromant se aproveitou dessa capacidade, virando o antigo design da ferramenta de corte no eixo X de cabeça para baixo; ao conduzir a ferramenta para cima no eixo Y, os engenheiros descobriram que a maioria das forças de corte são redirecionadas em uma direção perpendicular, em direção ao bloco de montagem e na área de suporte mais robusta. O resultado é uma melhor vida útil da ferramenta, melhor qualidade da peça e produtividade substancialmente maior.

Poucos dias depois de fazer o telefonema que mudou o jogo, Schelske foi chamado ao escritório principal para encontrar um visitante frequente—o engenheiro de ferramentas revestidas da Valley Machining, Lyle Schneider, estava lá, com as lâminas de corte do CoroCut QD prontas. Os dois saíram para o chão de fábrica e começaram a trabalhar.

Depois de fazer alguns ajustes no programa, um ajuste nas configurações da máquina para ela pudesse “entender” o que Schelske estava querendo, e algumas modificações no bloco de ferramentas para acomodar a nova geometria da ferramenta de corte, o CoroCut QD não só funcionava como a Sandvik Coromant prometeu que iria, mas excedeu em muito as expectativas de Schelske.

"A menor melhoria que vimos até agora foi entre 200 e 300 %, mas na maioria dos nossos trabalhos está mais perto de um ganho de 500 a 600 %", diz ele. “A vida útil da ferramenta também é melhor e, mais importante, é consistente. Não há mais surpresas. Estou sempre testando novos produtos e novas maneiras de fazer as coisas, mas essa tem sido a maior melhoria que já vi em qualquer ferramenta de corte. Adoro levar as pessoas até a máquina para mostrar como ela funciona bem. A Sandvik Coromant realmente conseguiu uma grande vitória com o CoroCut QD, nunca mais vou duvidar deles. ”
 

 

 

Um avanço espetacular/SiteCollectionImages/stories/Inside Manufacturing/IM_Gundrej_06.jpghttp://coromantadmin.prod.tibp.sandvik.com/pt-pt/mww/pages/im_godrej.aspx0x010100C568DB52D9D0A14D9B2FDCC96666E9F2007948130EC3DB064584E219954237AF3900FFEB28D1E96F42FE90C43C7046D97B7600CC9755DA489DF44286C1B7D9DA345E01Um avanço espetacularO novo método PrimeTurning™ da Sandvik Coromant ajudou a aumentar a produtividade e reduzir o tempo dos ciclos de um fabricante indiano de peças aeroespaciais que precisava atender a um grande pedido e lidar com uma classe de aço difícil de usinar. Metalworking WorldInside metal cuttingIndia
Tornando-o GRANDE/SiteCollectionImages/stories/Inside Manufacturing/IM_PRO_CAM_06.jpghttp://coromantadmin.prod.tibp.sandvik.com/pt-pt/mww/pages/im_procam.aspx0x010100C568DB52D9D0A14D9B2FDCC96666E9F2007948130EC3DB064584E219954237AF3900FFEB28D1E96F42FE90C43C7046D97B7600CC9755DA489DF44286C1B7D9DA345E01Tornando-o GRANDEUm pedido de 50 câmaras de compressão era tentador, mas a grande peça de 2,4 toneladas colocaria a novata suíça PRO-CAM CNC AG em território inexplorado. Com a ajuda da parceira Sandvik Coromant, a empresa ganhou o contrato e entregou os produtos seis meses depois. Metalworking WorldInside metal cuttingSwitzerland
A dupla dinâmica/SiteCollectionImages/stories/Inside Manufacturing/IM_PietroCarnaghi_01.jpghttp://coromantadmin.prod.tibp.sandvik.com/pt-pt/mww/pages/im_pietrocarnaghi.aspx0x010100C568DB52D9D0A14D9B2FDCC96666E9F2007948130EC3DB064584E219954237AF3900FFEB28D1E96F42FE90C43C7046D97B7600CC9755DA489DF44286C1B7D9DA345E01A dupla dinâmicaPietro Carnaghi, líder em tornos verticais, fresadoras tipo portal (Gantry) e sistemas de produção multitarefas (FMS), tem colaborado com a Sandvik Coromant há algum tempo para fornecer aos seus clientes soluções turnkey inovadoras. Coromant CaptoInside metal cuttingItaly
Terceirização bem sucedida/SiteCollectionImages/stories/Inside Manufacturing/IM_ANCA_05.jpghttp://coromantadmin.prod.tibp.sandvik.com/pt-pt/mww/pages/im_anca.aspx0x010100C568DB52D9D0A14D9B2FDCC96666E9F2007948130EC3DB064584E219954237AF3900FFEB28D1E96F42FE90C43C7046D97B7600CC9755DA489DF44286C1B7D9DA345E01Terceirização bem sucedidaO maior fabricante de máquinas retificadoras CNC da Austrália obteve um forte crescimento ao terceirizar o gerenciamento de suas ferramentas. Metalworking WorldInside metal cuttingAustralia

Usamos cookies para melhor a experiência de navegação em nosso website. Mais sobre cookies.